sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Piaget e a Educação Ativa

Neste vídeo, Piaget diz que podemos classificar a educação em duas categorias principais: a educação passiva, baseada na memorização mecânica, e a ativa, baseada na compreensão inteligente e na decorberta, e questiona sobre qual o tipo de educação que estamos fazendo.

“We can classify education into two main categories: passive education relying primarily on memory, and active education relying on intelligent understanding and discovery. Our real problem is what is the goal of education? Are we forming children who are only capable of learning what is already known? Or should we try to develop creative and innovative minds capable of discovery from the preschool age on through life?”




É impressionante e triste chegarmos em pleno século XXI, depois de tantas descobertas sobre aprendizagem humana feitas pela psicologia cognitiva, e constatarmos que a escola ainda esteja presa a um modelo educacional baseada predominantemente em fundamentos behaviorista, que valoriza apenas o armazenamento passivo da informação, portanto uma informação totalmente fugaz e sem aderência à estrutura cognitiva do sujeito, e com baixo grau de utilização em processos criativos. Não é nenhuma surpresa que isso aconteça, já que os temas disseminados em sala de aula pelos livros didáticos são descolados da realidade dos alunos, que por sua vez não possuem os conceitos subsunçores necessários à aprendizagem significativa.

A situação é pior do que sugere Piaget quando questiona: "Nos estamos formando crianças que são apenas capazes de aprender o que já é conhecido?"

Digo eu: Piaget, estamos antes disso, a educação de hoje ainda está sendo incapaz até de fazer as crianças aprenderem o que já é conhecido, sequer podemos falar de estoques de inteligência potencial. Assim, também não podemos falar de educação emancipadora.

A mim e a vocês interessa responder a seguinte questão: como potencializar a aprendizagem significativa e a inteligência cinética (do processo criativo) por meio das tecnologias de internet?

2 comentários:

  1. Ola,

    Gostaria de usar este espaço para noticiar sobre o curso de Blender disponível no Rio,

    Tijuca.

    Eis a mensagem:

    Curso de Blender (Turma ou individual) no CAAPRJ


    Centro de aplicação e aprendizado - Rio de Janeiro



    O curso abrange aspectos da modelagem e da animação 3D com auxilio da linguagem

    Python utilizando o programa Blender 2.49 com uma didática simples para todos os

    públicos.

    São 5 módulos que podem ser tratados em turmas ou em aulas particulares para trabalhos

    universitários, curso de ciência da computação, publicidade e etc.

    Professor:

    Rafael Junqueira – Graduado de Ciência da Computação, com 2 anos de experiência com

    a ferramenta com participação no Anima Mundi 2007 e Anima Serra (pre-seleção) com

    inumeros trabalhos variando entre material publicitário, educação ambiental e maquetes

    digitais.

    Grade curricular.

    Conhecendo o Blender (Computação gráfica)
    Conhecendo a interface (Recursos do Blender)
    Conhecendo os aspectos de animação (Movimento simples ao rigg)
    Conhecendo os aspectos de modelagem (Da tabela de cor a modelagem inorgânica [foco:

    terrenos])
    Criando um projeto (Trabalho de conclusão)

    Inovação.

    Turmas pequenas (de até 6 alunos)
    Atendimento á domicílio ou na empresa
    Metodologia do curso.

    O curso é voltado para qualquer pessoa que queira aprender Blender, seja alguém da

    área de computação, ou fora dela. Adotando um método de 30% de teoria com 70% de

    prática com ensinamentos simples do jargão computacional.

    Requisitos do aluno.

    Informática básica
    Sistema operacional Xp e Vista


    Entre em contato com a CAAPRJ.

    Fones/Fax: (21) 2268 – 2224 / (21) 2208 – 6063
    (21) 4104 – 0631 / (21) 4104 – 0632

    Como chegar?
    http://www.caaprj.com.br/localizacao.html

    Site do professor:
    http://Blender3Dcarioca.wordpress.com

    ResponderExcluir
  2. Encontrei o seu website e achei que seria muito útil que divulgasse a nossa iniciativa:

    O planeta energia: recursos didácticos para a infância sobre energia e alterações climáticas. Uma ferramenta para educadores e crianças recorrendo à arte e à interactividade disponível em

    www.oplanetaenergia.eu

    ResponderExcluir